Fotografias de Arlindo Pinto

CORPOEMCADEIA é uma evidência que se transforma numa oportunidade para todos os intervenientes no projeto.

O corpo é carne aprisionada. O pensamento que gera é suficientemente livre para poder voar, uma outra forma de dizer dançar e assim se transferir para fora do corpo e da cadeia.

A minha missão é expor o testemunho dos voos dos corpos, que todos remetemos ao aprisionamento.

Sou um escritor de luz ao serviço da liberdade.

Arlindo Pinto

Sobre o Autor

Arlindo Pinto [Portugal 1962]. Atualmente vive e trabalha em Lisboa.

Jurista, fez a sua formação inicial em fotografia na Oficina da Imagem e de forma continuada no AR.CO [Centro de Arte e Comunicação Visual], MEF [Movimento de Expressão Fotográfica], EIF(E) [Escola Informal de Fotografia], IMAGERIE [Casa das Imagens] e SNBA [Sociedade Nacional de Belas Artes].

É formador em fotografia e edição de imagem no Circulo Artístico e Cultural Artur Bual. Dedica-se em particular à Fotografia de Autor, tendo editado vários foto zines e foto livros, o último dos quais em Novembro de 2019, “Norwegian Sky 9”.

Tem participação em diversas exposições coletivas e individuais, com trabalhos em coleções particulares e nos espólios dos municípios da Amadora, de Sobral de Monte Agraço e Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz.